terça-feira, 24 de setembro de 2019

Camisa do Batuques de Pernambuco

Por Renato Motta

Não! 
De jeito nenhum. 
Nao é apenas uma identificação de mais um grupo percussivo. 
Não é simplesmente um uniforme ou "farda", que visa homogeneizar as pessoas.

A camisa do Batuques de Pernambuco é muito mais que isso. 
Tem alma! 
Ela pulsa a cultura de Pernambuco.
Conecta com a ancestralidade e resistência dos povos que criaram os ritmos maracatu, ciranda e côco. 
Ela tem duas alfaias que se encaram, como um "diálogo ao pé do ouvido" de Science e a Nação Zumbi. 
É Palmares vivo e em essência!

A camisa do Batuques de Pernambuco fala para o mundo. 
O manto traz a identidade dessa terra Guararapes que resistiu aos holandeses,
Que é praieira e inquieta em revoluções. 
É Confederação do Equador em cada toque e rufada das Alfaias.

A camisa azul do Batuques de Pernambuco faz alusão à Terra dos Altos Coqueiros e Beleza Soberbo Estendal.

É diversidade em seu arco íris, é sol e cruz. 
Agregadora como deve ser seu legado. 
É bravura e respeito.

A camisa alimenta a alma de um povo
De um sentimento, 
Uma identidade, de um quase País,
Denominado: 
PERNAMBUCO

Nenhum comentário:

Postar um comentário