Carnaval 2020 - Maciel Salu

O Grupo Percussivo Batuques de Pernambuco escolheu como personalidade a ser homenageada no Carnaval 2020, o cantor, compositor, rabequeiro, mestre e brincante de diversos folguedos populares. O artista e Mestre Maciel Salú.

Pernambucano, nascido em Olinda, Maciel é herdeiro da umas das famílias mais expressivas na cultura popular do Estado.

Na década de 90, no auge do manguebeat, Maciel Salú foi convidado a integrar a banda Chão e Chinelo. Foi nessa época que ele começou a cantar, compor e experimentar a fusão entre o popular e o contemporâneo.

Essas experimentações ganharam ainda mais força a partir de 2002, quando reuniu seu vasto repertório popular e adentrou no mundo da música eletrônica junto ao DJ Dolores, Fábio Trummer, Jam da Silva e Isaar, formando a Orchestra Santa Massa.

Com o grupo participou da cerimônia de encerramento das Olimpíadas Rio 2016 e ganhou o reconhecimento da crítica através de um BBC Awards, um Prêmio Tim (melhor álbum) e o Prêmio Multicultural Estadão. Além de ter participado de festivais como o Roskilde Festival (DNK), Festival de la Cote d’Opale (FRA), Roots Festival (HOL) e Free Jazz (RJ e SP).

Com o seu trabalho autoral participou do Europalia Brasil (2010), Projeto Pixinguinha (2007), Ano do Brasil na França (2005) e fez importantes parcerias com músicos e artistas, dentre eles Chico César, Jorge Du Peixe (Nação Zumbi), Benjamim Taubkin, Siba, Jam da Silva, Isaar, Carmélia Alves e Luiz Paixão. Seu trabalho mais recente é o Baile de Rabeca, bastante elogiado pela crítica.

Para o Batuques de Pernambuco, será uma grande honra prestar essa homenagem e levar pelas ladeiras de Olinda o nome e a versatilidade deste grande ícone da cultura popular pernambucana.

Atualmente, além de manter o trabalho solo e a Santa Massa, o artista ainda integra a Orquestra Contemporânea de Olinda (OCO). Com 16 anos de carreira em palcos, Maciel Salú já participou de diversas coletâneas nacionais e internacionais e projetos de outros grupos e artistas.

Batuques de Pernambuco pede licença para vestir o Terno de Terreiro da folia de Salú e, em clima de Liberdade, contagiar todos os brincantes do Mundo, que estarão em Recife e Olinda no Carnaval 2020.

Fontes das informações:
https://macielsalu.com.br/biografia/
http://www.cultura.pe.gov.br/

Apoio cultural:

Nenhum comentário:

Postar um comentário